A origem do churrasco

Aqui no Brasil começou na região do Sul, no século XVII, mas a arte do churrasco já existia em toda América do Sul, antes mesmo do Descobrimento e era usada pelos índios. A lida com o gado afastava os trabalhadores por longos períodos e o churrasco era uma forma mais prática de se fazer uma refeição, pois tudo que era necessário para prepará-lo estava à mão: faca, fogueira feita em um buraco no chão, um espeto que podia ser preparado na hora com galhos, um generoso pedaço de carne e sal grosso. A comida era cortada em pequenos pedaços e servida, iniciando a forma de se servir rodízio de carne. E estava assim criado o legítimo churrasco gaúcho.

A colonização italiana ajudou a espalhar o hábito, onde churrasco era comido somente em dia de festa, com vários cortes de carne. Foi dali que nasceu o popularíssimo “rodízio de carnes” ou “espeto corrido”, onde também passou a ser feito com frango, carne de porco e peixes. Hoje em dia, a carne no espeto é um alimento não só preparado com facilidade e higiene, mas também de preço acessível a todas as camadas da população.

Nem sempre foi assim, demorou um tempo para o churrasco tornar-se um prato sofisticado e consumido nos melhores restaurantes do país. No início só se pensava em gado para obtenção de couro e sebo. Aos poucos, tornou-se uma prática mais difundida e novas técnicas de preparo. Surgiram variações como costela e paleta, e a carne bovina transformou-se no alimento básico do gaúcho, que a comia em grande quantidade.

Mais do que o ato de se alimentar, o churrasco tornou-se sinônimo de festa e confraternização entre amigos e familiares. Até hoje difundida em todo o país, a técnica é reconhecida e apreciada internacionalmente.

#Churrasco

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

CONTATO

SHOW-ROOM

Av. Protásio Alves, 5029 | Porto Alegre | RS | Cep 91310-002

51 3334.0110 | 3334.4999

TECNOLOGIA EM CONCRETO

0